26 de abr de 2019

26-04-2019 - Morre em Cajazeiras soldado que lutou na II Guerra Mundial


Faleceu nesta quarta-feira, aos 98 anos, o soldado reformado do Exército Brasileiro João Firmino dos Santos (Soldado Firmino), natural de São José de Piranhas, no Sertão paraibano. Segundo familiares, ele faleceu de causas naturais na sua residência.

Além de soldado, João Firmino, que era sogro do empresário Osvaldo Martins, foi auditor fiscal do Estado da Paraíba. Pelo Exército Brasileiro ele fez parte das operações na Itália durante a II Guerra Mundial, entre 1944 e 1945.
Suas experiências no campo de batalha foram contadas por ele no livro “Segunda Guerra Mundial – Vida e luta de um pracinha”.
Familiares disseram que ele estava lúcido quando, por volta das 15:00h desta quarta-feira, pouco tempo antes de falecer, pediu que reunisse os filhos no seu quarto e se despediu. fonte: diariodosertao

22 de abr de 2019

22/04/2019 - RJ: Sargento da Aeronáutica morre em tentativa de assalto

Sargento da Aeronáutica morre em tentativa de assalto em São Gonçalo
Tony Anderson Fernandes Barbosa estava de moto na Rodovia Niterói-Manilha quando foi abordado pelos bandidos

Rio – O sargento da Aeronáutica Tony Anderson Fernandes Barbosa, de 41 anos, foi morto em um assalto, nesta quinta-feira, na Rodovia Niterói-Manilha (BR-101), na altura São Gonçalo, na Região Metropolitana do estado. O militar estava de moto em direção a Itaboraí, quando, por volta das 12h, no bairro do Gradim, foi abordado por bandidos. Os criminosos atiraram contra ele e levaram sua moto.

O sargento, que era lotado no Hospital da Aeronáutica dos Afonsos, no Campos dos Afonsos, na Zona Oeste da capital, chegou a ser socorrido no Hospital Alberto Torres, mas não resistiu aos ferimentos. Ainda não há informações se ele reagiu ao assalto.
Com a morte do militar, já chega a 17 o número de agentes da segurança pública assassinados no Rio em 2019; são 15 PMs, um guarda municipal, além do agente da Aeronáutica.
O Disque Denúncia informou que está oferecendo uma recompensa de R$ 5 mil para quem der informações que levem à prisão dos envolvidos no crime. A entidade reforça que as denúncias anônimas e elas que serão encaminhadas à Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSGI), que investiga o caso.
Quem tiver qualquer informação pode entrar em contato através dos seguintes canais: Disque Denúncia: (21) 2253-1177; WhatsApp ou Telegram Portal dos Procurados: (21) 98849-6099; Facebook: www.facebook.com/procurados.org; ou ainda pelo aplicativo “Disque Denúncia”.
O Dia