17 de set de 2013

17/09/2013 - Coronel do Exército é detido após dar tapa no rosto de bebê em Salvador

FONTE: Bruno Wendel - CORREIO24HS

O coronel da reserva do Exército Brasileiro Marcos Brunácio, 74 anos, foi detido depois de ter agredido um bebê de nove meses. Segundo a delegada Simone Malaquias da Delegacia de Repressão a Crimes contra à Criança (Derca), por volta das 11h desta segunda (16), o coronel estava na fila para recadastramento da Secretaria da Fazenda (Sefaz), na Rua Chile, quando o bebê levou um tapa no rosto após mexer no papel que estava na mão do coronel, contaram familiares em depoimento. 
“Ele (coronel) disse que bateu na mão, mas os pais, a avó, e outras pessoas que estavam na fila, afirmaram que houve agressão no rosto. A população ficou tão revoltada, que tentou linchar o coronel, que correu pela Rua Chile”, contou a delegada.
Segundo ela, uma guarnição do 18ª Batalhão (Centro Histórico) passava no local e, ao ver o coronel correndo em plena Rua Chile, acreditou de que ele tinha sofrido um assalto e então resolveu abordá-lo. “Os policiais perceberam que havia algo de errado quando perceberam que uma gama de pessoas estava atrás do coronel”, completou a delegada. 
Ainda de acordo com a delegada, o coronel da reserva Marcos Brunácio, foi ouvido e liberado. “A criança não ficou com lesões. Como a situação é um crime de menor potencial ofensivo, foi lavrado um termo circunstanciado e o caso será encaminhado para o Juizado Especial”, explicou a delegada.
Ela disse ainda que os pais da criança moram no bairro de  São Caetano, enquanto Brunácio no Campo Grande.

Coronel do Exército é detido após dar tapa no rosto de bebê (Foto: Almiro Lopes)


Coronel do Exército é preso após bater em bebê de nove mesesPor: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews) - 17 de Setembro de 2013 - 13h23

Um coronel do Exército Brasileiro foi preso, em flagrante, após ter dado um tapa no rosto de um bebê. Segundo a polícia, Marcos Bronasso, 74 anos,

estava na fila para recadastramentos da Secretaria da Fazenda do Bahia (Sefaz), que fica na Rua Chile, em Salvador, quando um bebê de nove meses

mexeu no papel que estava na mão do coronel.

Não gostando da atitude do bebê, que estava no colo da mãe, Bronasso 
deu um tapa no rosto da criança. Ao presenciarem a ação, 
a mãe e populares logo recriminaram o coronel e chamaram a polícia.
Marcos Bronasso foi encaminhado à Delegacia Especializada de Repressão 
a Crimes contra a Criança e o Adolescente (Derca), onde presta depoimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário