19 de ago de 2013

19/08/2013 - GUERRA NA SELVA ESPECIAL

GUERRA NA SELVA
G1 acompanhou em Manaus o treinamento considerado o mais difícil e controverso do Exército Brasileiro, que prepara militares de todos os continentes para combates em florestas

Reportagem: Kleber Tomaz / Imagens: Irailton Vilaça



O CURSO 

O treinamento do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS) ocorre em área de mata




O Curso 
O treinamento do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS) ocorre em área de mata fechada da floresta amazônica , onde o Exército tem bases 7 espalhadas. O curso já registrou  mortes entre os alunos e foi investigado pelo Ministério Público Federal por cárcere privado  e abusos

Como é

Missão
"Especializar militares para o combate na selva, realizando pesquisas e experimentações doutrinárias, para a defesa e proteção da Amazônia"

Fases

História do CIGS


Selva!

A palavra ‘selva’ é usada em diversas situações do CIGS: para saudações, cumprimentos e broncas



'SELVA BOM DIA'

'SELVA CONTINÊNCIA'

'SELVA RISPIDO'

Formados até hoje



Quais países enviam combatentes para o curso

Raio-X do uniforme


Veja os principais acessórios usados pelos combatentes no treinamento



Como são feitos os treinamentos de helicóptero

Descida de rapel e salto de aeronave em movimento são exercícios centrais de preparação








Como são feitos os treinamentos de natação

Alunos saltam de lancha e nadam cerca de 200 metros com os equipamentos nas costas
Tipos de nado



Locais


Animais perigosos...


Alunos aprendem como identificar animais peçonhentos e se prevenir de doenças comuns da região

... e doenças comuns


Facão do guerreiro da selva

Instrumento para combate e sobrevivência na floresta é entregue aos formandos em cerimônia especial. A lâmina leva as inscrições "Guerra na Selva" e "CIGS", além do nº de série e do nº do guerreiro

Cerimônia de entrega


A entrega do facão é feita em um ritual no meio da Floresta Amazônica. Os militares mais antigos levam os novos guerreiros de selva por um caminho de terra, com tochas, até uma construção indígena conhecida como tapiri. Lá, os aprovados formam um círculo e, após a cerimônia onde contam e ouvem histórias de luta e bravura, recebem o facão. (Veja mais no vídeo ao lado)











Edição: André Schröder e Gustavo Miller (Conteúdo); Leo Aragão (Infografia); Alexandre Nascimento e Luciano Cury (Vídeo)
Infografia: Daniel Roda, Dalton Soares e Elvis Martuchelli
Desenvolvedores: Rafael Soares e Thiago Bittencourt
Fonte: CIGS e Exército Brasileiro

FONTE:  G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário